sexta-feira, 3 de junho de 2011

.. covardia.

Coloquei a playlist mais causadora de lágrimas para tocar. E coloquei no volume máximo. A música não completa o meu vazio, mas me faz esquecer dele. Na verdade não sou tão vazia assim, mas está em falta algo que não cabe. E esse algo é você. Vez em quando tenho aquela vontade de mostrar ao mundo o quão sou feliz ao seu lado, escancarar o sorriso que só surge quando estou com você em todos os outdoors da cidade e escrever um livro de como seríamos como um só. Mas ao mesmo tempo eu lembro das malditas responsabilidades e do peso que levo nas costas- ou costa -. Venho desejando que o tempo certo chegue logo, e fantasiando como ficaríamos perfeitos um ao lado do outro, mais fortes e completos do que nunca. Eu tentei não me importar, eu tentei 'ir levando', eu tentei fazer do jeito errado, o mais certo possível. Mas a mente e o coração não trabalham juntos, não neste caso. Moço, me entenda, eu menti pra você, e menti pra mim mesma. As pessoas mentem. Eu não estou sendo inteira ao seu lado, e eu não venho dando o melhor de mim à você. E isso me intriga. O mundo hoje me impede de ser total sua. Ah!, se tudo fosse uma questão de querer... E eu imagino sim, um futuro nosso. Mas não um presente. E é covardia exigir isso de você, porque sei que sua resposta seria positiva. E sei também que vou me arrepender amargamente de tudo isso. Mas foi bom ter saido da minha rotina durante algum tempo. Você me faz bem, e você sabe disso. E eu preciso de você, do seu sorriso, do seu abraço. Mas as pessoas vão se encaixando em si mesmas, e eu vou me arrumando. E é muita covardia, reconheço, eu não conseguir falar nada disso em sua presença, e só saber desejar seus braços em minha cintura, seus lábios nos meus, seu cheiro em minha roupa.

7 comentários:

Fernanda Zanol. disse...

Me identifiquei demais com esse post. Incrível como às vezes me falta coragem pra falar as coisas... aí percebo que tudo poderia ter sido diferente se eu tivesse falado.

Mas vai ver era pra ser assim. ;)

beijão!

Marcela disse...

Pode soar o mais clichê possível, mas eu tenho certo direito de dizer o seguinte: não é certo se preocupar tanto assim.
A gente deixa de viver tanta coisa por ficar pensando, pensando....
Certos momentos o melhor a se fazer é aproveitar e curtir cada segundo de felicidade que pudermos ter.
Nunca, nunca mesmo, sabemos até quando vai durar. Mas seria extremamente injusto sermos responsáveis por um final antecipado.

Me preocupo com você, queria mesmo estar mais presente.

<3

Jujuba Almeidaa (: disse...

Faz parte de ser humano querer o que nos faz bem, mas não faz bem ao outro.

Alice disse...

teu post ta incrivelmente tocante, por assim dizer.
to seguindo

Long Haired Lady disse...

nada que um bom outdoor não possa dizer! rs

Ju Fuzetto disse...

E vez em quando vem uma vontadezinha de expor todos os sentimentos em um outdoor e mostrá-los ao mundo. O tempo certo é aquele que te impulsiona pra direção incerta, mas que te faz um gelinho no peito. Uma risada bonita não é apenas um bom convite para o amor verdadeiro. É uma passagem secreta para as surpresas que o futuro reserva. Então acredite nesta intuição que te move. E envolva teu pensamento no hoje. Aqui. Agora. Não perca a oportunidade de viver as coisas mais lindas que teu coração mostra. Ele nunca te engana. E o tempo pode ser rápido demais...

Lindo tudo por aqui!

Lour Shine disse...

Anw, me veio umas lembranças com esse texto ://

muito lindo *-*