sábado, 30 de outubro de 2010

.. a caixinha.

O tempo hoje exala a nostalgia. Mas uma nostalgia daquelas pesadas. Um alguém muito injusto descobriu a caixinha de lembranças e abriu-a, soltando todas elas contra mim. E então cada acontecimento, cada sorriso, cada lágrima, cada palavra, cada toque e cada detalhe se rebatem contra mim agora, me deixando meramente melancólica. Um filme completo em preto e branco passa pela minha mente. A palavra saudade grita em meus pensamentos, passando rapidamente a pulsar em minhas veias, deixando um vazio obscuro dentro de mim. Me perco no passado e não sei onde o presente se encontra, e o futuro se torna algo medonho e indesejável. Me encontro abraçada a objetos, e isso dói. A unica solução é fechar a caixinha, de preferência, selá-la. Mas lágrimas jorram de meus olhos e o aperto na garganta me impede disso. Corrói por dentro. Mas a unica solução saudável continua sendo fechar a caixinha, e escondê-la bem lá no fundo, onde ninguém a descubra. Onde ninguém com o sorriso semelhante ao seu, faça com que ela se abra novamente.

5 comentários:

Rodrigo disse...

Triste =/
Ter lembranças boas é bom. Agora ter ruins é horrível.
Eu acho que você deve mesmo fechar essa caixinha e não deixar que ninguém, nem mesmo você, faça com que ele se abra novamente. Use o que você já sabe sobre o conteúdo dela como experiência de vida.

Wellington disse...

Bom em? Conheço alguns blogueiros saudosos! ^^ Isso de você dizer que a saudade fica numa caixinha foi legal. Saudade é uma coisa que desperta quando encontramos alguém raro né? É bom e ao mesmo tempo tão doloroso. ^^

Gostei da postagem, bonita! ^^

Abraços!

http://neowellblog.wordpress.com/espirito-nwb/

Bruno Costa disse...

Muito bem escrito, conseguiu dar beleza ao tema. As lembranças doem, algumas vezes, mas o que seria de nós sem a melancólica saudade. É sinal de vida. Talvez seja importante buscar ver a potência do que a vida nos traz hoje, e quem sabe, inventar um amanhã melhor. Só que está tudo mais junto do que pensamos.

Maiara disse...

é, alguém também abriu a minha caixa ontem e eu não sei se vou ser capaz de fechá-la outra vez .
parabéns, o blog tá lindo (:
bjs ;*

medicine.practises disse...

Acostume se a deixar a caixinha aberta, para aprender a lidar com esse sentimento, Ame viva !http://medicinepractises.blogspot.com/