segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Complexos.

É claro que isso tudo é um complexo. A vida é complexada. E a percepção dela em diferentes pontos se torna confusa. E confusa, neste caso, não se une ao estranho, mas pode se adequar ao insano. Ao estranho nós nos encaixamos, mas ao confuso jamais passaremos à fase de adaptação e isso nos torna loucos, desatinados. São dependentes da percepção, é claro, mas o "estranho, o "confuso" e a "insanidade" são complexos recíprocos que a vida insiste em nos proporcionar.

4 comentários:

emboablog disse...

complexidade vai da cabeça de cada um né. curti o blog. :)

yasmin sales disse...

confesso que tive que ler mais de uma vez. sou meio lerda ! haha mas adorei. bem criativo o texto, aliás, nao só o texto, como o blog inteiro.
gostei muito de tudo aqui.
parabéns.
beijos

http://yasmiiin182.blogspot.com/

Natália disse...

Nos acostumamos com o que é conveniente para nós, caso contrário rejeitamos. Beijo

Rick disse...

Costumo dize que sou completamente louco mas um louco consciente!

Beijos! ;)