terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

.. e a noite invade.

Outra noite escura e gélida - apesar do calor lá fora -, invade o meu refúgio. A noite sempre traz lembranças, e são nesses momentos, que sua imagem aparece frequentemente na minha mente. Esse grande vazio existente entre nós, a ausência de palavras e a incerteza do que o futuro nos espera, formam um confuso novelo de dúvidas em meus pensamentos. E me perco mais uma vez, me perco em mim mesma, me perco em nós. Em flashes de segundos, desejo loucamente sua presença ao meu lado, e imagino como seríamos se fôssemos um só. No instante seguinte, só penso em alternativas para não ter que enfrentar os seus olhos, aqueles que me intimidam tanto. Tento não admitir, mas está claro, até mesmo para mim, que essa história toda resultou em sentimentos. Tento não me ferir, juro que tento, mas o problema é a noite. Ela invade. Ela abusa. E ela fere. E então, sua ausência marca forte presença. E sua imagem insiste em aparecer. Constantemente. Continuamente.

3 comentários:

Marcela disse...

e eu quero dizer o quanto me dói, me dói entender sua dor, e entender o motivo dela, e entender o quanto a noite é terrível.
se eu posso, quero te dizer que as coisas se ajeitam, não que pare de doer, mas um dia vai valer a pena, vai ter alguém por quem realmente vale a pena toda essa dor, porque ainda dói...

Becky disse...

Ownt' que texto mais lindo *--------* Ain, a noite é mesmo uma coisa incrivel, que ás vezes realmente traz lembranção (:
Vo passa sempre aqui pra poder ler seus textos, ok ?

Bjs bjs, Becky!
http://nosador-amos.blogspot.com/

tamiresdelrey disse...

NOssa adorei o texto !!


Flor tô te seguindo , segue tambem

OUSADIA

http://ousadia-tamiresdelrey.blogspot.com/

Tem sorteio rolando no blog vale a pena conferir